Galeria de Histórias V de Vida
Ana Maria Banza Fialho Correia
Ana Maria Banza Fialho Correia
Eu sou a Ana (mom) e gosto de cozinhar.
Parece simples, e é. Cresci ao redor de uma mesa a ver a minha mãe preparar a comida para receber o melhor possível a família e os amigos.
A cozinha fez parte dos meus dias, com as características de quem nasceu, cresceu e viveu em terras alentejanas.
Para mim, há sempre algo a celebrar com uma boa refeição.
Gosto e faço por receber a família e os amigos com pratos especiais ou novas descobertas culinárias.
Sou uma “inventora” de novos cheiros e sabores, para mim uma receita quase nunca se repete.
Este projeto acontece aqui comigo e com a ajuda da minha família. Tenho vários braços direitos: o marido que arruma e lava toda a loiça, os filhos qu
Sara Dominguez
Sara Dominguez
Trabalhava há 7 anos numa empresa familiar e decidi \"enfrentar\" a minha família e deixar um emprego com ótimas condições financeiras e de trabalho em prol de um projeto de alimentação saudável enviscar tudo num projeto de alimentação infantil sem açúcar e sem farinhas refinadas, estando neste momento a fornecer comida para creches e jardins de infância! Um projeto que não existe em Portugal e que me deixa muito feliz. Foi um passo grande e arriscado, mas com amor e deixando fluir tudo se faz :)
Jaqueline Abreu
Jaqueline Abreu
\"A vida é dura, mas eu também sou!\". Esse é o meu lema, lema de quem passou por anorexia, excesso de peso, baixa auto-estima, relações psicologicamente violentas e por fim depressão.
E venci ...
leia anexo e encontrem-me no instagram @jaquelinecabreu
Magda Ferreira
Magda Ferreira
Sempre acreditei que nasci sob a proteção de uma estrela especial num sítio livre e pacífico e por isso tenho o dever de ser feliz. Criança amada, adolescente sonhadora, adulta inconformada. Quis ser jornalista para contar histórias do mundo, mas fiz carreira como gestora de eventos. Quando surgiu a oportunidade de virar a vida do avesso, trabalhar e viver em África, não hesitei. Pelo desafio, pela novidade. Foram 2 anos de relação intensa que fizeram questionar valores, prioridades, a vida. Mas era preciso parar e repensar tudo. Voltar a aprender. Foi o impulso para a minha 1ª volta ao mundo, sozinha, em 180 dias. Uma aventura que nem nos meus sonhos cabia. Voltei mais forte, mais inconformada, mais ansiosa por cada minuto nesta Vida.
Nuno Martins
Nuno Martins
Aos 32 anos era diretor adjunto de um jornal, aos 33 recebi um convite para dirigir uma revista, aos 34... fui envolvido num despedimento coletivo. Depois dos 40 e de uma longa travessia no deserto - ano e meio a tentar voltar ao mercado jornalístico - uma nova vida ganhou forma: juntei as paixões da comunicação e da parentalidade, tornei-me Educador Parental certificado em Disciplina Positiva e criei o projeto Educar pela Positiva (www.educarpelapositiva.pt), que tenho levado aos quatro cantos do país através de workshops e palestras transformadores. Esta é a história de um pai com uma missão de vida: ajudar outros pais e educadores a formarem crianças mais felizes!
Olga Domingues
Olga Domingues
O dia em que tudo começou. A ESTRELA era mira na busca pelos sonhos e a vontade de desenvolver algo que se tornasse memorável. Obstáculos, costas viradas, nuvens negras, amigos menos amigos e de tudo um pouco aconteceu. Mas o prazer de sonhar fazia com que a condução tivesse o sabor como se conduzisse a última gama, a segurança, o conforto e a sensação de poder nas mãos fez com que chegasse à cidade do Porto e criasse a especialidade de doçaria da cidade. A Delícia do Porto. Sim com um Mercedes nas mãos, não importa se tem muitos anos ou muitíssimos, o que importa é o estado de espírito de quem o conduz. Força, convicção, foco, empreendedorismo e o sentimento intenso de chegar longe.
Juliana Rocha
Juliana Rocha
Venho de uma família de operários, com a 4a classe de escolaridade, e comecei a trabalhar aos 17 anos, numa frutaria a 2km de casa, 12h por dia, 6 dias por semana. O sonho era ser Arquiteta, mas a faculdade era um universo não existente lá em casa, era para \"meninos ricos\", era algo verdadeiramente utópico, não era opção em cima da mesa. Mas para mim era, bastava querer. Dei o passo em frente, no vazio, e aos 20 anos comecei o meu percurso enquanto trabalhadora estudante, para hoje, com 33, estar onde quero e como quero. A minha maior dificuldade foi convencer a minha mãe (que hoje é a minha maior admiradora), e não as 3/4h de sono diário que tive durante uns bons anos. Obrigada
Estevão Rodrigues Anacleto
Estevão Rodrigues Anacleto
Engenheiro do Ambiente, com 10 anos de experiência na área da consultoria ambiental, 2 anos dos quais passados em Angola como consultor. Em 2015 decidiu despedir-se e criar a empresa GroHo - Hidroponia, empresa especializada em hortas urbanas sem solo. Após 3 anos de trabalho e com um vasto conhecimento agrícola, impulsionou o negócio para o turismo, fazendo um match entre os agricultores e os turistas e criou a Portugal Farm Experiences - empresa responsável por agregar produtores de norte a sul oferecendo experiências de cultivo, apanha e farm-to-table.
Aline Castelo Branco
Aline Castelo Branco
Me reinventei 10 vezes. A primeira logo depois da morte do meu pai, aos 11 anos. Comecei cedo a trabalhar. Me dediquei tanto a carreira de jornalista que não tinha tempo para me envolver sério com ninguém. Só encontrava homens errados. Fui traída, enganada e iludida. Usei minha dor e a frustração para ajudar outras pessoas a terem relações saudáveis e duradoura. Lancei o livro Eu Confesso, revelação de uma amante. Pedi demissão do emprego para estudar. Virei Coach de relacionamento e sexóloga. Encontrei meu amor, casei, mudei de país. Hoje falo no meu canal do youtube para quase 1 milhão de subscritos e ainda consegui ter programa na tv portuguesa, no canal Q, chamado Pela Fechadura.
Vanessa Campos
Vanessa Campos
Embaixadora da Dress a Girl Around The World em Portugal, Vanessa, há 3 anos se dedica integralmente ao Projeto. A vontade de fazer o bem vem de longa data. O Projeto já entregou mais de 34 mil vestidos e 14 mil calções novos a crianças de 26 países do mundo. Ao mesmo tempo em que dá um pouco de dignidade, proteção e esperança às crianças, dá sentido de utilidade à comunidade Sénior de mais de 60 grupos de costureiras voluntárias de todo país. Antes disso, Vanessa trabalhou 23 anos no mercado financeiro, do qual se reformou como executiva de uma grande instituição em Hong Kong, que ela considera ter sido sua grande escola em termos de gerenciamento de projetos.
Ricardo José Figueiredo da Mota Veiga
Ricardo José Figueiredo da Mota Veiga
Somos uma família com 5 filhos e um 6º que irá nascer nas próximas duas semanas.
Eu sou empresário na área do design e publicidade e a minha esposa gestora administrativa.
Vivíamos com o mesmo propósito, até percebermos que aquilo que nos fazia realmente felizes, eram os filhos. Então em 6 anos, passámos de 2 filhos, para 6.
Hoje, sentimo-nos mais realizados e felizes, temos tudo aquilo que nos faz sentir completos.
Carmen Ferreira
Carmen Ferreira
Carmen, enfermeira de formação, apaixonada por alimentação saudável e … bebés!
Comecei o meu percurso profissional em contexto hospitalar na área da saúde da mulher, mas com carneiro como signo, era pouco para mim!
Novos projetos e colaborações apareceram desde clínicas a outros hospitais e a minha paixão por esta área aumentou.
“Mas se as famílias têm tantas dúvidas e eu não chego a todo lado, como posso passar a minha palavra?… Começa assim um blog/página, que hoje cresce todos os dias! Criei o meu curso personalizado de preparação para um Nascimento mais saudável e abri as portas do Hospital para um projeto de saúde digital na comunidade. Reinventei a minha vida à imagem do que acredito.
Ana Gonçalves
Ana Gonçalves
Olá
O meu nome é Ana. Sou mãe de 2 filhos um deles com autismo. Trabalhei no Aeroporto do Porto, KLM, até o autismo do meu filho falar mais alto. Depois de 28 anos de casamento, saio para um divórcio com um carro e a minha roupa, tendo que recomeçar do zero literalmente. Depressa reagi, vendi o meu carro por outro mais económico ( vivia muito acima da média) e comecei a minha formação na minha paixão que estava dentro da gaveta dos sonhos. Yoga, Pilates, Aero Yoga, Aero Pilates. Não sabia se com 49 anos teria sucesso, meu corpo deixaria. Formei-me com os melhores e acreditei. Hoje as minhas salas estão lotadas, tenho 53, e o meu próximo passo, abrir o meu espaço.
Obrigada pela oportunidade
Rafael Polónia
Rafael Polónia
Olham-me como aquele que faz coisas \\\"descabidas\\\" que todos gostariam de fazer. Mas sou mais do que isso. Com 43 anos posso dizer que sempre estive onde queria estar! Nunca quis ser bombeiro mas arqueólogo, depois barman e por fim fotógrafo de moda. Estudei 3 anos de economia, 3 de comércio externo e 3 de teatro. Mudei de casa 14 vezes em 10 anos. Trabalhei nos mais conceituados palcos e despedi-me 3 vezes para viajar. A última, para pedalar durante 28 meses entre Ovar e Istambul e Ovar e Macau. Sem formação na área, abri a minha agência de viagens só porque queria levar pessoas a experienciar países menos comuns. O mais importante? Fazer os outros felizes para continuar a ser feliz!
renata coelho de sa aron
renata coelho de sa aron
Durante 10 anos tracei a minha carreira profissional no mercado financeiro. Tornei-me uma Executiva de topo, esposa e mãe 3 vezes.Decidi largar tudo e procurar um novo rumo. Sem auto-estima, insegura e, acima de tudo, sem rumo, precisei de me despir e encontrar novamente enquanto mulher. Decidi acordar uma paixão adormecida e estudei moda, onde encontrei o meu propósito em ajudar pessoas a sentirem-se mais seguras consigo mesmas. Hoje sou Consultora de Imagem, lancei uma app que me permite ajudar pessoas em todo mundo. Para mim, não existe maior prazer do que ajudar as pessoas a se despirem das suas inseguranças e aprenderem a amar o reflexo do seu próprio espelho.
Joana Botto
Joana Botto
Olá, eu sou a Joana.

Estudei Engenharia Informática e fui trabalhar para fora. Passados 10 anos na área da tecnologia e estando em Silicon Valley quis fazer algo diferente. Cruzei-me com um livro sobre abelhas e fui invadida por uma intensa recordação de infância e saudades de casa: tinha eu 7 anos quando o meu avô me levou ao seu apiário. Decidi regressar a Portugal e reavivar uma tradição de família, ser apicultora! Hoje tenho um apiário e cuido de abelhas, criei a marca As colmeias da Joana para o meu mel e pólen biológico. E ainda tenho a oportunidade de partilhar com os outros a minha paixão através das visitas pedagógicas às colmeias!

Sigam-me no instagram @ascolmeiasdajoana
Sofia Craveiro
Sofia Craveiro
Olá, eu sou a Sofia e em 2015 mudei de vida. Deixei 15 anos de trabalhadora por conta de outrem, como Engenheira do Ambiente, pela criação e gestão do meu próprio projeto - a Companhia das Agulhas - escola de costura e malha.
Sabia que era demasiado empreendedora para trabalhar por conta de outrem e queria ser dona do meu tempo. Um carcinoma maligno e o facto de ter sido despedida fizeram-me ter a força que eu precisava para mudar. Ou era naquele momento, ou nunca mais seria.
Ainda bem que o fiz, hoje em dia a minha empresa dá trabalho a 4 mulheres a tempo inteiro e mais meia dúzia a part-time.
Trazemos para os dias de hoje as artes do antigamente sob o lema #eucrioeufaçoeuuso

Joana Bárbara Silva
Joana Bárbara Silva
Ao longo destes anos criei com mais 7 amigos um projeto de desenvolvimento pessoal para jovens que teve um grande impacto na minha vida - deu-me a motivação para dar o passo em frente e sair da empresa onde trabalhei durante 13 anos. Na altura, pedi uma licença sem vencimento que não foi aceite. Viver inspirada e com propósito falou mais alto e decidi sair. No momento em que saía, recebi o diagnóstico de cancro de mama. Vacilei. “Se calhar mais vale estar aqui sossegada. Tenho o seguro de saúde da empresa.”. Mas um diálogo interno levou-me a esta questão: Se esta situação não estivesse a acontecer, saías? Saía! Então, vamos a isto! Hoje, estou cheia de saúde a desenvolver o Sou Toda Ouvidos!
vanda salgueiro
vanda salgueiro
Sou a Vanda, 48 anos, 2 filhos.
Depois de 13 anos na área comercial (Xerox e GE), em 2003 aceitei o desafio da EDP para criar a liberalização do mercado da energia em Portugal. Em 2013, separei-me e conheci a pessoa que ajudaria a mudar a minha vida. Um Fadista profissional que precisava de manager. Em 2016 tirei um curso de management, à noite, na ETIC.
Abracei esta nova área que conciliei com a EDP, durante dois anos. Em 2018, com uma empresa criada e a gerir 6 artistas, decidi dar uma volta de 180º, deixar de ser quadro superior da EDP e investir na música.
Hoje sou responsável pela gestão de carreira de 9 artistas e firmei, definitivamente, a minha marca, VS Management.
Melanie Simões
Melanie Simões
Olá, sou a Melanie. Nasci na Alemanha e filha de pais portugueses regressei às minhas origens e licenciei-me em Psicologia Clínica. Devido à língua alemã trabalhei em empresas internacionais. Recentemente, DEI O PASSO EM FRENTE! Abandonei a segurança de um emprego estável e abracei a minha verdadeira paixão! Guiada pela Fé de que todo o ser humano é especial e possui uma riqueza interior inestimável, especializei-me no estudo da felicidade e do sucesso e adquiri certificações de PNL e Coaching. Hoje sou Mentora & Coach de Felicidade e ajudo ao outro a acreditar em si mesmo e realizar seus sonhos. Nesse sentido escrevi um livro infantil e partilho ainda a minha mensagem em programas de rádio.
Sónia Maria de Sousa Gonçalves
Sónia Maria de Sousa Gonçalves
Olá.
Primeira história: deixei uma carreira de 15 anos como copywriter numa agência de design para abrir uma loja de roupa, a Miss Sixty. Fali.
Segunda história: Depois de falida... arrumei as malas e fui para Macau - China, onde estive 3 anos.
Terceira história: De regresso a Lisboa, sou desafiada para dirigir um Hotel**** no Alentejo. Estive 4 anos com todas as regalias.
Quarta história: larguei todas as regalias e voltei para Lisboa.
Já abri a minha nova empresa para fazer aquilo que mais gosto: guiar. Sim, vou ser motorista da Uber, dos amigos e de quem precisar.
Sara Correia
Sara Correia
Sempre fui apaixonada por fotografias. Embora tenha dedicado 14 anos da minha carreira à área de Marketing e Comunicação, a Fotografia esteve sempre presente.
Em 2013 tomei a decisão de dedicar-me em exclusivo à Fotografia, particularmente Retrato.
Trabalho como objetivo de contar histórias e despertar as pessoas para o enorme potencial que a Fotografia tem. Uma imagem pode aproximar mundos diferentes, despertar emoções e imortalizar o que é efémero.
Estou, também, convencida que a Fotografia é uma espécie de terapia que estimula o auto-conhecimento, e que pode ser trabalhada no sentido de melhorar a auto-estima das pessoas retratadas.
Margarida Mestre
Margarida Mestre
Desde pequena que soube que queria ajudar os outros. Na escola primária, queria ser médica, mas a minha essência criativa, levou-me para a área das artes. Estudei Gestão Urbanística e depois Arquitetura e pensava que o meu futuro era tratar das doenças das cidades e dos edifícios e por isso desenvolvi uma carreira de Arquiteta urbanista em câmaras municipais por 15 anos. O desejo de ser empresária e livre falou mais alto, tirei o brevet, um curso de Coaching, PNL e Time Line Therapy e abandonei o meu emprego na função pública para me dedicar à arquitetura da pessoa. Percebi então, que depois de ter passado pela grande e média escala, foi a pequena escala que me fascinou - a pessoa.
Ana Torres
Ana Torres
Um dia resolvi deixar a Eng. Informática para trabalhar com uma tecnologia de topo, a Eng. do SER. Acredito que todos podemos viver a vida que desejamos. Hoje sei que a minha missão é acompanhar pessoas a desenvolver, afinar e transcender o seu SER. Aos 41 anos mudei de vida! Quis dar o exemplo aos meus filhos, quis mostrar-lhes que era possível mudar sempre q não nos sentimos felizes. Quis mostrar-lhes q somos a história que contamos sobre a nossa história. Mudei por amor à pessoa que sou, aos meus filhos e a todos aqueles que querem viver vidas mais felizes. Mudei para voltar a Amar, mudei para me sentir Amada, mudei por amor ao Amor e acabei por me cruzar com Ele quando e onde menos esperava.
Ana Milhazes
Ana Milhazes
Ana Milhazes, 34 anos, Instrutora de Yoga, autora do blogue Ana, Go Slowly, onde partilha tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais feliz.
Fundadora do movimento Lixo Zero Portugal, vive com a missão diária de fazer o mínimo de lixo possível, de partilhar os desafios que enfrenta e de inspirar a mudança.
Despediu-se depois de 10 anos a trabalhar na área das tecnologias de informação, após lhe ter sido diagnosticado burnout e depressão. Foi preciso recomeçar quase do zero. Libertou-se não só de um trabalho que não a preenchia, como também de um casamento que não a fazia feliz.
Hoje sente-se realizada e feliz por poder viver de acordo com aquilo em que acredita e por poder partilhar isso mesmo, contribuindo para um mundo melhor.
Joe Santos
Joe Santos
O Autismo da minha enteada ensinou-me a Viver em maiúsculas.
Até os meus 33 anos eu pensava que o mais importante era criar empresas e ganhar dinheiro... até o dia 18 de abril de 2015 em que partilhei no palco do TEDxOporto as lições que o Autismo da minha enteada me tinha ensinado. Ao terminar o meu discurso, recebi uma ovação em pé durante 60 segundos de mais de 1.000 pessoas, muitas com lágrimas nos olhos.
Nesse momento decidi deixar as minhas empresas para dedicar-me exclusivamente a criar impacto social positivo. Criamos a Vencer Autismo, ONGPD que lidera a consciencialização do autismo em Portugal.
facebook.com/optimising
youtube.com/watch?v=AS_w0fiMQgc
vencerautismo.org
Andreia Patrícia Freitas Simões Matildes
Andreia Patrícia Freitas Simões Matildes
Em 2012, com 25 anos, a ideia de ninguém gostar de mim, fez-me cair na anorexia. Na altura o meu pensamento era \"ninguém gosta de mim porque sou gorda e feia\". Deixei de comer, estudava e trabalhava ao mesmo tempo. Cheguei a pesar menos de 30kg, até que um dia fez-se o \"click\" quando de mãos dadas aos meus pais eles me dizem a chorar: \"filha, a ordem da vida é os pais morrerem primeiro que os filhos\". Nesse dia percebi que o mais importante era a minha família gostar de mim! Com toda a paciência e ajuda dos meus pais, consegui recuperar. Hoje sou casada e tenho um filho lindo! Já consegui ajudar outras raparigas que estavam a passar pelo mesmo!
Susana Freitas
Susana Freitas
Desde cedo que livros me marcaram, mas não foram os livros que dominaram no meu crescimento. Nasci no interior, mas sonhava conhecer o mundo para lá das minhas serras, mas sem saber bem o que queria ser. Quando decidi foi com convicção: Professora de Geografia e assim foi depois de licenciatura, estágio e anos mais tarde um mestrado em geografia também, pois claro! O gosto pela geografia e pelas paisagens levou-me a explorar outras aventuras que passaram pela pintura e escrita. Em 2015 ponderei o rumo da minha vida profissional, todos os anos ficava à mercê do concurso de professores e decidi (mesmo assustada e com medo) dar o passo em frente e abrir a Sana Editora.
Entrar num mundo de tubarões editoriais, sem experiência, lutar com a rede de distribuição, impor uma marca com poucos recursos financeiros mas muito investimento de tempo, amor, energia, disponibilidade e criatividade tem sido o motor da minha mudança que me faz descobrir o melhor de mim.
Sou Susana Freitas e estou constantemente a desafiar-me. Tenho imensos sonhos para realizar. O próximo desafio já está traçado e vou dar o passo em frente!
Márcio André Ferreira Gomes Antunes
Márcio André Ferreira Gomes Antunes
Sempre estive ligado às motos, desde pequeno. Nasci, cresci e vivo nesse mundo, chegando assim a onde estou agora. Nunca pensei em vir a ser Speaker, mas a verdade é que a vida tomou esse rumo.
Tudo começou em 2008, num evento em que era um simples colaborador. O Speaker da zona de Pitbikes e Freestyle MX ficou afónico e eu ofereci-me para o substituir. Afinal, conhecia os pilotos que iam correr, sabia tudo sobre FMX e tinha experiência em improvisar! Foi um sucesso e os organizadores ficaram muito satisfeitos com o resultado. Passei a ser chamado para outros eventos, principalmente provas de Motocross, e agora todos me conhecem como THE SPEAKER pela minha voz e dinamismo.
Ester Marina
Ester Marina
Criei um sistema de nome \"ÉS\", com base essencialmente na minha experiência de vida com os inúmeros desafios que esta me trouxe. Ligar aquilo que somos energeticamente à imagem que projetamos e ao trabalho que desenvolvemos é o grande objetivo. Durante toda a minha vida trabalhei com clientes, ligada à área comercial., Há 4 anos deixei esta área, com 3 filhos ao meu encargo, ficando na altura sem qualquer apoio a nível financeiro, decidi arriscar. No início foi duro...não tinha verba para investir na divulgação e assim os clientes têm vindo através da persistência no\"boca a boca\", FB redes sociais. É um projeto respeitado acima de tudo pelos resultados de quem o procura.... Obrigada. Ester
João Trindade
João Trindade
Estava desempregado, resolvi abrir uma empresa de animação turística a Portugaltripsandtours, comprei um V250 Bluetec e a minha vida mudou completamente. A Mercedes tornou a minha empresa exclusiva e abriu a porta a clientes de “classe alta”, empresários, senadores, atores novelas etc. Com estes clientes vieram as experiências, desde jantares restaurantes Michelin, provas melhores vinhos do mundo, casinos com mesas VIP, visita a locais e monumentos que desconhecia, e a V250 sempre ao meu lado, cobiçada e admirada por estas celebridades incógnitas que se escondem atrás dos vidros fumados, que comentam sempre a qualidade, espaço e luxo da minha fiel companhia Mercedes. Agora sou feliz.
Carlos Manuel Pereira da Silva Marques
Carlos Manuel Pereira da Silva Marques
Esta história de vida, é por assim dizer uma pequena síntese, às minhas memórias, nomeadamente àquelas que trouxeram à minha memória, todos os momentos que me fizeram crescer como pessoa e como ser humano.
Nasci em Vila Real, no dia 4 de Junho de 1952. Tive uma infância feliz, apesar de limitações económicas, superadas com muita luta, muito querer e sacrifício.
Percorri todos estes anos com alguma nostalgia, mas com Esperança!...sempre na luta por dias melhores, já que a vida tem muitas curvas e obstáculos cabendo-nos a nós, saber contorná-los. Todas as etapas da minha vida, foram e são uma aprendizagem e as adversidades que ela me tem colocado, serviram para fortalecer o meu carácter.
Rita Franco de Sousa
Rita Franco de Sousa
Esta é a minha história V de vida e não dei apenas um o passo em frente, dei logo um salto..de pulga. Há 7 anos tomei a decisão de desistir da minha atividade profissional (Psicologia) para seguir as minhas paixões e unir costura, família e fotografia. Hoje sou mãe de 4 rapazes e CEO da Pulguinhas, uma marca 100% portuguesa de artigos criados para descomplicar e encher de mimo os dias de pais e bebés. O projeto Pulguinhas, que até então era um hobby, tornou-se na minha atividade profissional e abri a loja online, cujo sucesso se mede não só nas vendas, mas também nas avaliações 5 estrelas dos nossos artigos e nos mais de 100k seguidores nas nossas redes sociais. Tudo se costurou na perfeição
Ana Raposo
Ana Raposo
Seis anos passados sobre aquele passo! Recordo que, enquanto Professora, fiz parte de tantas vidas e histórias… Mas e a minha HISTÓRIA? Não a sentia como minha! Queria virar a página e ser eu a autora!
Deixei o ensino e inscrevi-me em Design de Interiores, uma paixão antiga! Criei a EMPORIUM DELUXE e hoje possuo uma loja própria! Enquanto diretora e designer, desenvolvo projetos na área habitacional, comercial, de hotelaria e lazer! Nesta história, tudo é sonho, cor e Vida! Ver nascer um espaço, desde os esquissos até à execução da minha visão criativa, é algo de extraordinário e de transcendente!
Sou a Ana Raposo e hoje sei, não podia ter dado outro passo, senão este, pela minha Vida!
Mónica Santos
Mónica Santos
A minha história de vida, é fantástica. Todas são! É com bastante orgulho que falo dela. Foi com ela que aprendi a não ter medo de MUDAR! Licenciei-me em design em 2003. Sempre fui feliz durante os 12 anos, onde cresci na área da criatividade. Aos 35, desafiei-me. Voei! Literalmente! Ouvi muitos “não” mas foram eles, me ensinaram a desafiar a mim mesma. Acima de tudo, somos donos da nossa vontade. 2 anos, em Londres, e duas malas de porão com a minha vida, que levei comigo para começar do zero, e ser “hospedeira”, profissão que exerço há quase 5 anos! Sou muito feliz, no que faço, mas espera-me algo. Ainda é “segredo”, mas posso dizer-vos que voltarei a ganhar asas para um sonho... VOAR!
Cristina Cardigo
Cristina Cardigo
Docente universitária, doutorada em gestão, trabalhei em exigentes ambientes na área de consultoria e TI. O meu filho nasceu e tudo mudou.
Hoje sou doula, uma profissão ainda desconhecida. Acompanho mulheres/casais durante a gravidez, vou para o parto a qualquer hora do dia/noite e dou apoio total durante os tempos turbulentos do pós-parto (amamentação, massagens, etc). Trabalho para um nicho de mercado de pessoas com elevados rendimentos, que procuram um acompanhamento personalizado. 38 anos, a protagonista da minha vida. Uma profissão que me apaixona, tempo para usufruir os meus 2 filhos. Viagens (road trips YEAH!), natureza (yoga, naturismo) e body combat. A minha vida!
Rita Garcia
Rita Garcia
Trabalhava numa multinacional em marketing, sem tempo, e num desequilíbrio enorme entre vida pessoal e profissional.
Decidi largar tudo e fazer uma viagem pela Ásia, com o meu recém-marido, para pensar como podia escolher uma vida de que eu fosse dona!
Veio o primeiro filho, veio o segundo, e decidi lançar uma marca de sapatos e dedicar-me à venda de casas com a criação de um blog.
Adaptei os conceitos da gestão e do marketing às casas e o resto foi aliar o boom digital a este negócio.
Apostei com força nos conteúdos nas redes sociais e, desde o lançamento do blog, tenho recebido vários prémios por volume de faturação e pelo método de trabalho inovador e ainda convidada para fazer palestras. Estou feliz!
sofia neves
sofia neves
Sou a Sofia, tenho 37 anos e sou de Fátima.
Casei aos 27 e aos 31 divorciei-me. Perdi o meu chão, depois o meu emprego em fotografia, e a minha FÉ. Depois de trabalhar para 2 jovens mais novas que eu, e com o seu projeto e empresas, pensei que também eu seria capaz, até porque sempre desejei experimentar trabalhar por conta própria e ter o meu negócio. Ironicamente, ou não, em 2014/2015 comecei a trabalhar com os meus pais e lancei o meu projeto, a minha marca TREZE-Adereços Religiosos - @trezeinsta (IG). Se já recuperei a minha Fé? Não sei, mas acredito que dei o passo em frente a caminho disso. E, sobretudo, ajudo os outros a não perder a deles.
Rute Obadia
Rute Obadia
O meu nome é Rute e aparentemente teria um percurso normal de vida, tirei o meu curso, fiz carreira de sucesso dentro na minha área mas como muitas outras pessoas, não era feliz ... A parte disse tinha um hobby que me apaixonava, fotografar e viajar!...e foi assim que do nada, há 5 anos atrás larguei o que não me preenchia e me passei a dedicar-me à fotografia. Hoje sou fotógrafa e viajante, criei um blog de viagens chamado "theblondietraveler" e levo pessoas a viajar. Também embarquei no projecto da maternidade aos 42 anos.... portanto nada na minha vida tem sido by the book! Movo-me por paixões!
Raquel Loureiro
Raquel Loureiro
Sou Raquel Loureiro tenho 40 casada 1 filho.
A minha vida mudou quando me despedi do emprego que tinha , fumava era gordinha e não me sentia realizada profissionalmente e andava sempre deprimida.
Fui à 6 anos que criei a minha página no Facebook e comecei a fazer o que realmente eu mais gostava, era cozinhar!! Comecei a vender comida para fora.
Tive o apoio da família dos amigos.
Comecei a fazer desporto com regularidade. Comecei a correr a participar em provas .
Emagreci deixei de fumar e a minha alimentação mudou.
Com isto tudo comecei a mudar o estilo de vida, saudável a interessar-me pelo Vegetariano e Vegan
E agora dou Workshops de comida saudável e tentar ajudar os outros!
Maria Martins
Maria Martins
Saí mesmo da minha zona de conforto, porque deixei de ser professora de Português. Como o meu querido pai faleceu com cancro, numa altura crucial da minha vida, e como já nada posso fazer por ele, ajudo quando posso os meninos do Instituto Português de Oncologia como forma de lhe agradecer tudo o que fez por mim! Escrevi um livro infanto-juvenil cujos lucros da primeira edição foram para a Make a Wish Portugal. Não quis um cêntimo, ainda que não seja rica. Acho que encontrei a minha missão na vida. Sempre fez parte de mim ajudar o próximo, ser cuidadora e atenciosa. Considero que todos os dias há algo para aprender e há que ser grato até "com as pequenas coisas".
 Mami (Maria Miguel) Pereira
Mami (Maria Miguel) Pereira
Das letras para as viagens para as letras! Sou uma jornalista e editora que há 11 anos decidiu largar a rotina e começar a viajar a sério. Todos os invernos empacoto a casa e viajo para os trópicos. São 6 meses em Lisboa, 6 meses no mundo! Acabei por fazer disso trabalho e estou prestes a lançar o meu livro de crónicas. Vejam mais no meu instagram @mamigeographic
Norberto Amaral
Norberto Amaral
Há exatamente 3 anos larguei o meu emprego seguro, onde estava desde 2001. Era quadro, com carro, seguro médico e uma família para sustentar. Ali geria projetos com grande visibilidade. Conhecem as caixas de Self Checkout no Continente? Liderei esse projeto em 2005.
Cofundei uma startup e um ano depois saí e criei uma empresa de consultoria e formação.
Agora trabalho para mim mesmo e para os meus clientes. Sem carro de empresa, a primeira coisa que fiz foi comprar um Mercedes velhinho mas de confiança, o meu sonho.
Hoje tenho um controlo invejável do meu tempo, da minha energia, tenho clientes incríveis e tenho imenso tempo para a minha família. E o meu C220 faz parte dessa história.
sérgio paulo kaufmann marques da cunha
sérgio paulo kaufmann marques da cunha
Olá, sou o Sérgio e há 13 anos a minha vida tomou um novo rumo pela necessidade de \"sentir\" tempo.
Para trás ficaram 20 anos a trabalhar na edição de vídeo, os horários loucos, a vida à velocidade de não se dar por ela passar, o ordenado confortável e o automóvel topo de gama.
A partir daí surgiu a marcenaria. Trabalhar uma matéria prima como a madeira é preciso paciência, rigor, toque, TEMPO. Criar um candeeiro, um aparador, é preciso disponibilidade, experimentação, TEMPO.
Hoje, entre a marcenaria, a fotografia e a bicicleta sou mais feliz, aprecio mais, sou mais família, sou mais marido, sou mais pai. Sou mais tempo para o que me é importante.
www.pau.com.pt / insta /sergio_kaufmann_/
Pedro Pires
Pedro Pires
Qual é o segredo para mudar de vida?
O segredo da mudança é sermos nós mesmos,
É amarmo-nos como somos.
Nesse momento mágico tudo acontece, mudamos a nossa vida e passamos a partilhar o amor com alguém como nós.
Olá, sou o Pedro Pires e esta é a minha história, já fui gestor de projetos e comunidades de crowdfunding e agora como coach sou o produtor de filmes das emoções positivas.
A partir do momento que cada um de nós muda interiormente cria possibilidades infinitas para transformar o mundo à nossa volta.
Eu mudei a história da minha de vida e você do que está à espera para realizar o filme dos seus sonhos?
Carina Pires
Carina Pires
Durante mais de 10 anos, a minha vida era a correr, sem horários, sem tempo para aqueles que amo, sem tempo para mim.
Em plena crise, troquei o certo pelo incerto e despedi-me.
Deixei uma carreira promissora aos olhos de todos, parecendo um acto de insanidade e loucura para muitos.
Mas foi um acto de libertação, em busca de um sonho, do meu tempo, da melhor versão de mim mesma.
Voltei à escola, fui estudar fotografia.
Fotografar, fotografar, fotografar foi o mote! Os meus filhos, a minha família, os amigos, filhos de amigos, famílias amigas e depois vieram os clientes.
Sou a Carina, fotógrafa infantil e de famílias e para chegar até aqui, dei o passo em frente!
KARLA MARTINS
KARLA MARTINS
Eu estava à beira do abismo e olhei para o céu. O meu marido estava infeliz e ansioso para retornar para Portugal. Eu tinha uma carreira consolidada no Brasil e nunca pensei mudar de país. Quando desembarcamos no aeroporto Francisco Sá Carneiro no dia 03 de dezembro de 2016 éramos eu, o Daniel e os nossos cães, a Kika e o Oliver. Eles adaptaram-se rápido ao novo país, já eu…
Eu nunca havia ficado sem trabalhar na vida. Sentia-me só e sem perspetiva de futuro, longe da família e dos amigos. Contratei uma consultoria de carreira que me orientou a fazer networking e decidi investir no LinkedIn. Explorei todas as suas funcionalidades da rede e realizei desejo antigo.
António Carvalhão
António Carvalhão
Em 2006 fui estudar para o Japão e apaixonei-me pela sua gastronomia, e em concreto o seu prato mais consumido: Ramen.
De regresso a casa, não encontrei Ramen em Portugal e em 2015 juntei-me com o meu amigo de longa data, João Ferreira, que também viveu na Ásia e juntos criámos, ao longo de 13 meses, a receita do nosso Ramen.
No seguinte ano e meio fizemos jantares para 12 pessoas, todos os sábados em minha casa (Supper Club) para testar o produto.
Ficámos com uma lista de espera de 1.876 pessoas e decidimos fazer um curso no Japão para abrir o restaurante Ajitama Ramen Bistro.
Deixei para trás a minha carreira de Marketing e dei o passo em frente para me dedicar 100% ao sonho do meu negócio.
Ricardo Pereira da Silva
Ricardo Pereira da Silva
Depois de 25 anos a gerir e capitalizar marcas empresariais e pessoais, como marketeer, publicitário, agente ou manager de figuras públicas; um episódio peculiar na minha vida, no decurso duma viagem, ao serviço do Turismo de Portugal, na qualidade de advisor, fez-me dar o passo em frente: máquina fotográfica, que sempre me fez suspirar enquanto fotógrafo amador, passou a ser a minha ferramenta de trabalho e a chave-mestra para aceder ao que de mais importante vive dentro das pessoas: as emoções e a forma como as utilizamos para nos mostrarmos únicos.

Biografia: https://www.rawphotology.com/ricardo-pereira-da-silva/
Vídeo: https://youtu.be/xqI3tVAzmR0
Diana Díaz
Diana Díaz
Diana, 22 anos, licenciada em Turismo.
Sou apaixonada pela vida e pelo mundo, talvez porque sou do mundo e tenho raízes muito dispersas. História de vida? O que poderia ter com esta idade? Sempre gostei de viajar e talvez seja essa a minha história. Desde 2017 que decidi passear por aí sozinha. Estudei fora do país, meti-me no meio de um festival sozinha, sem horários, sem tecnologias. Era apenas eu, a natureza e a arte.
E agora? Agora trabalho e já posso ir mais longe, conhecer o mundo de mochila às costas e uma câmara para capturar as coisas mais bonitas que o mundo nos tem para oferecer.
De maria-rapaz acanhada com medo da vida, passei a ser a feminista não apologética.
Raquel Comprido
Raquel Comprido
Sou a Raquel (+conhecida como Kéké) e também eu hoje sou a escolha que fiz. Tive uma depressão durante 8 anos da minha vida (tenho 30), mas ainda assim nunca deixei de seguir os meus sonhos. Em 2015 fui para os Estados Unidos e tive um acidente de viação no qual quase perdi a vida. Foi uma escolha para sair da situação e mudar o rumo. Filha de pais empresários e sonhadora por natureza, tive sempre em mim o bichinho de criar o meu negócio e, acima de tudo, tornar o mundo num lugar melhor. Em 2017 dei o passo em frente e criei a Right Buddy, a 1a agência digital focada na responsabilidade social! Em 2 anos, já ajudámos +de 15 projetos sociais e vamos lançar a nossa plataforma de voluntariado.
Maria de Lourdes de Magalhães Amado Mengo Nunes Corrêa
Maria de Lourdes de Magalhães Amado Mengo Nunes Corrêa
Para uma mulher e mãe de 3 filhos, mudar de vida aos 45 anos, prosseguindo sonhos sem permitir que os castrem e pior ainda, que não os reconheçam, é seguramente uma tarefa hercúlea, mas foi o que escolhi para mim, porque sou a pessoa mais importante da minha vida e porque o que me importa verdadeiramente é tudo o que me deixa mais inteira, real e capaz de dar aos meus a importância que merecem.
Saí dum casamento de 25 anos e passei a semear, diariamente, o que hoje já me trás mais perto do que certamente um dia será a minha atividade principal. Sou blogger/escritora de contos, sentimentos e pensamentos sobre o amor e a falta dele. Escrevo como respiro e respirar passou a ser tranquilo.
André Leonardo
André Leonardo
Nasci na Ilha terceira. Apesar dos meus pais quererem que voltasse para casa, encontrasse um emprego estável, estando o país a passar por um momento de crise senti que tinha de agir. Surgiu então a ideia: “e se desse a volta ao mundo a entrevistar pessoas que fazem acontecer para inspirar Portugal?”. Apesar do medo e da incerteza, vendi o que tinha, pedi patrocínios a quase 100 empresas. Ao fim de 2 anos consegui o mínimo e parti. Dormi na rua, em estações de comboio, aeroportos e afins. Comi demasiado atum em lata, mas consegui. Entrevistei 143 pessoas em 23 países. Em Portugal lancei o livro “Faz Acontecer”, dei palestras e formações e, para além de uma outra série de coisas, o programa de TV “Faz Acontecer”(CanalQ). Tive de mudar de vida, deixar o medo e dar o passo. Precisei decidir mudar para que tudo mudasse.
Carlos Leitão
Carlos Leitão
Cresci a querer ser jornalista. Não ponderei outra realidade. Aos 18 anos, fiz o primeiro estágio na Rádio Renascença, Jornal “A Bola”, e termino o curso de Comunicação Social. Seguem-se anos de trabalho em áreas como o desporto, publicidade, cultura e lazer.
O Fado foi um “hobby” herdado pelos gostos musicais do meu pai. Aos 16 anos escrevi as primeiras letras que escondi numa gaveta. Em 2004, o jornalismo perdeu encanto e, por opção, passei a ser freelancer. Saí do Diário de Notícias, deixei Lisboa e fui viver para Arraiolos. Aí, o fado ganhou! Escrevi, cantei e compus mais do que nunca. Hoje, apresento o meu terceiro disco e sou o que nunca imaginei, mais feliz do que nunca: fadista!
Filipa Bibe
Filipa Bibe
De contabilista a Maria Modista! Foi uma resolução de ano novo vida nova: ser apaixonada pelo meu trabalho. 2012 abri a Maria Modista, uma escola de costura na qual eu própria iria aprender. Podia ser que mais gente tivesse o mesmo interesse nesta arte do tempo das nossas avós. Troquei uma vida cinzenta por tecidos cheios de cor e a criatividade que tinha passou a ser posta em prática. Abri em Lisboa e depois vieram os franchisings. Costurar virou moda e o mais gratificante é que como eu muitas alunas também mudaram de vida e abriram as suas marcas após o curso. Hoje em dia digo que tenho um trabalho de brincar que não é brincadeira nenhuma.
Ana Cristina Rosa
Ana Cristina Rosa
Nunca acreditei em impossíveis. Sempre sonhei em mudar o mundo. Durante algum tempo acreditei que o faria através do jornalismo, mas depressa percebi que o meu sonho não cabia aí…
Resisti à mudança, mas há sonhos grandes, nos quais temos mesmo de embarcar.
Dei o Passo em frente e asas ao meu sonho, um sonho que muda o mundo, de cada vez que alguém, com a minha ajuda, muda a sua vida. Hoje, ajudo pessoas que se sentem insatisfeitas com a sua vida profissional a descobrirem e a transformarem os seus talentos e paixões em negócios vencedores.
E a minha vida, hoje, é muito mais do que sonhei ontem, é muito mais do que alguma vez sonhei. Porque não há impossíveis. Há sonhos. Há paixões. Há acreditar e dar o passo em frente para fazer acontecer!
Patrícia Oliveira
Patrícia Oliveira
Aos 40 anos descobri o que queria ser quando fosse crescida!Durante muito tempo, e com a minha alma inquieta e o coração-furação, foi difícil encontrar o meu \\\"Elemento\\\" e entender qual o caminho profissional que espelhava o que eu sou e que potenciava a minha essência!Escolhi o curso de Engª Química e sem parar para pensar, iniciei o meu percurso profissional por multi nacionais farmacêuticas, químicas e consultoria e foi um percurso que diriam, de sucesso. Pelo meio ainda fiz um MBA. Um dia questionei o meu conceito de sucesso e foi aí que dei um passo em frente e hoje sou Health Coach, empreendedora e proprietária de um restaurante de alimentação saudável. Sou feliz a apaixonada pela vida!
JOA - Jorge Ortega Afonso
JOA - Jorge Ortega Afonso
O Joa, rapaz de 42 anos é um apaixonado pela vida! Nasceu e cresceu em Lisboa, filho de taxista, pelo que um Mercedes sempre foi e será o seu automóvel. Para tirar o curso, Joa foi taxista à noite, animador de festas e casamentos ao fds. Durante a juventude, passava o seu tempo livre em Parada, Bragança, terra natal dos seus pais. Ali todos os anos, juntamente com a família, faziam o tal vinho caseiro. Esta sua paixão pelo Vinho levou-o a estudar, a querer aprender como fazer um vinho, preservando o método de fabrico tradicional e as vinhas centenárias (entre 100 a 150 anos) que dão vida a este projeto. Em 2016, Joa deu o passo em frente, criou a sua própria marca de vinho - ALTO DO JOA...
Inês Cancela
Inês Cancela
A minha mudança aconteceu aos meus 41, 2016, foi o ano mais agridoce da minha vida. A “partida” precoce da minha muito querida mãe, no dia 2 de maio, gerou em mim uma vontade de abraçar a vida, a saúde, um estilo de vida consciente e sustentável. No dia 1.06.2017, despedi-me da Banca e dum emprego bem remunerado com sede na Avenida da Liberdade. No dia 08.08.2017 abracei a direção da Creche Paço de São Francisco. Esta mudança de vida permite-me sustentabilidade financeira, ser dona do meu tempo, aprender com a honestidade das crianças, conhecer novas pessoas inspiradoras e abraçar novas causas, sendo a educação, a alimentação, a parentalidade, e a sustentabilidade as minhas novas paixões!
Mafalda Camarate de Campos
Mafalda Camarate de Campos
Ao longo da minha vida sempre fiz o esperado, com convicção. Acabei o curso, trabalhei, namorei, casei, tive 3 filhos maravilhosos… passava os dias feliz mas vivia mais em função dos outros do que de mim.
Aos 40, depois do meu pai ter sofrido um AVC um mês antes de se reformar, deu-se o clique. Os miúdos estavam mais crescidos e eu tinha de me dedicar também a mim, conectar-me, perceber o que me realizava e fazia feliz. Assim, aos 40 comecei a jogar padel. Aos 41 a pintar e a meditar. Aos 42 a fazer yoga. Aos 43 o curso de Health Coach. E agora, aos 44, fechei a empresa de gomas que tinha e vou lançar-me no mercado, pondo-me ao serviço do outro mas realizando-me a mim também.
Alexandra Vinagre
Alexandra Vinagre
Sempre tive dentro de mim a certeza de que, qualquer que fosse a minha história, estaria nas minhas mãos criá-la e fazer acontecer! Esta certeza acompanhou-me sempre e, após 14 anos de carreira senti que era altura de dar o passo em frente! Há uma energia, um orgulho, um acreditar que não se explicam quando damos este passo… como se o mundo passasse a girar a nosso favor. Hoje, sou coach profissional, autora de um livro, fundei as Mindset Immersions onde junto pessoas inspiradas a dar o seu passo em frente, e ajudo empresas trabalharem a sua Inteligência Emocional e do coração. Não há um dia em que não pense: como seria o mundo se todas as pessoas escolhessem “escrever a vida” com V?
Samanta Cristina Ro. C. Duarte
Samanta Cristina Ro. C. Duarte
Em 2015, e com um bebé de 7 meses tive um AVC hemorrágico que aconteceu devido a um tumor no cérebro. Trabalhava no sector da aviação, viajava muito e tinha até um brevet de piloto. Depois de 1 ano numa cama, resolvi dar o passo em frente e arriscar uma operação com % baixíssima de sair bem. Três anos passados, e uma recuperação completa, voltei a dar outro passo em frente: deixei o meu trabalho de 17 anos e dediquei-me à criação de conteúdos de viagens. A escrita preenche os meus dias, as viagens continuam o grande farol para onde remar. O momento em que nos livramos das amarras sentimo-nos mais fortes do que nunca, acreditamos que tudo corre bem, vestimos a capa de herói e voamos!
Joana Pais Afonso
Joana Pais Afonso
A minha vida é cheia de mudanças: emigrei aos 15 anos e vivi em mais de 8 cidades (3 países). A mudança mais recente foi a de carreira numa idade (36) em que o mercado não aprecia candidatos com pouca experiência numa área de especialidade. Formada em Gestão de Turismo, trabalhei na área durante 14 anos. Cansada de cargos operacionais, excesso de horas em funções muito "presenciais" e com o desejo de equilibrar a vida familiar e profissional, decidi mudar de setor. Procurei melhores empresas para trabalhar, percebi que o Employer Branding (Marketing de Recrutamento) e o setor de IT faziam o Match perfeito. Em 12 meses fiz o caminho para atingir o objetivo que sonhava (OutSystems e Deloitte).
Natália Godinho
Natália Godinho
Deixei o meu emprego ( telecomunicações) há dois anos, 13 anos efetiva e sai sem nada apenas a pensar voar cá para fora, ajudar outros a ter a mesma coragem, hoje dois anos depois, sou empreendedora com vários projetos a funcionar e neste momento a iniciar outro, parceria com um táxi que vou conduzir pelo Alentejo, levar sorrisos e histórias positivas a todos que queiram viajar comigo 🌷
Ana Maria Banza Fialho Correia
Ana Maria Banza Fialho Correia
Eu sou a Ana (mom) e gosto de cozinhar.
Parece simples, e é. Cresci ao redor de uma mesa a ver a minha mãe preparar a comida para receber o melhor possível a família e os amigos.
A cozinha fez parte dos meus dias, com as características de quem nasceu, cresceu e viveu em terras alentejanas.
Para mim, há sempre algo a celebrar com uma boa refeição.
Gosto e faço por receber a família e os amigos com pratos especiais ou novas descobertas culinárias.
Sou uma “inventora” de novos cheiros e sabores, para mim uma receita quase nunca se repete.
Este projeto acontece aqui comigo e com a ajuda da minha família. Tenho vários braços direitos: o marido que arruma e lava toda a loiça, os filhos qu
Margarida Mestre
Margarida Mestre
Desde pequena que soube que queria ajudar os outros. Na escola primária, queria ser médica, mas a minha essência criativa, levou-me para a área das artes. Estudei Gestão Urbanística e depois Arquitetura e pensava que o meu futuro era tratar das doenças das cidades e dos edifícios e por isso desenvolvi uma carreira de Arquiteta urbanista em câmaras municipais por 15 anos. O desejo de ser empresária e livre falou mais alto, tirei o brevet, um curso de Coaching, PNL e Time Line Therapy e abandonei o meu emprego na função pública para me dedicar à arquitetura da pessoa. Percebi então, que depois de ter passado pela grande e média escala, foi a pequena escala que me fascinou - a pessoa.
sérgio paulo kaufmann marques da cunha
sérgio paulo kaufmann marques da cunha
Olá, sou o Sérgio e há 13 anos a minha vida tomou um novo rumo pela necessidade de \\\"sentir\\\" tempo.
Para trás ficaram 20 anos a trabalhar na edição de vídeo, os horários loucos, a vida à velocidade de não se dar por ela passar, o ordenado confortável e o automóvel topo de gama.
A partir daí surgiu a marcenaria. Trabalhar uma matéria prima como a madeira é preciso paciência, rigor, toque, TEMPO. Criar um candeeiro, um aparador, é preciso disponibilidade, experimentação, TEMPO.
Hoje, entre a marcenaria, a fotografia e a bicicleta sou mais feliz, aprecio mais, sou mais família, sou mais marido, sou mais pai. Sou mais tempo para o que me é importante.
www.pau.com.pt / insta /sergio_kaufmann_/
Sara Dominguez
Sara Dominguez
Trabalhava há 7 anos numa empresa familiar e decidi \\\"enfrentar\\\" a minha família e deixar um emprego com ótimas condições financeiras e de trabalho em prol de um projeto de alimentação saudável enviscar tudo num projeto de alimentação infantil sem açúcar e sem farinhas refinadas, estando neste momento a fornecer comida para creches e jardins de infância! Um projeto que não existe em Portugal e que me deixa muito feliz. Foi um passo grande e arriscado, mas com amor e deixando fluir tudo se faz :)
Ana Torres
Ana Torres
Um dia resolvi deixar a Eng. Informática para trabalhar com uma tecnologia de topo, a Eng. do SER. Acredito que todos podemos viver a vida que desejamos. Hoje sei que a minha missão é acompanhar pessoas a desenvolver, afinar e transcender o seu SER. Aos 41 anos mudei de vida! Quis dar o exemplo aos meus filhos, quis mostrar-lhes que era possível mudar sempre q não nos sentimos felizes. Quis mostrar-lhes q somos a história que contamos sobre a nossa história. Mudei por amor à pessoa que sou, aos meus filhos e a todos aqueles que querem viver vidas mais felizes. Mudei para voltar a Amar, mudei para me sentir Amada, mudei por amor ao Amor e acabei por me cruzar com Ele quando e onde menos esperava.
Pedro Pires
Pedro Pires
Qual é o segredo para mudar de vida?
O segredo da mudança é sermos nós mesmos,
É amarmo-nos como somos.
Nesse momento mágico tudo acontece, mudamos a nossa vida e passamos a partilhar o amor com alguém como nós.
Olá, sou o Pedro Pires e esta é a minha história, já fui gestor de projetos e comunidades de crowdfunding e agora como coach sou o produtor de filmes das emoções positivas.
A partir do momento que cada um de nós muda interiormente cria possibilidades infinitas para transformar o mundo à nossa volta.
Eu mudei a história da minha de vida e você do que está à espera para realizar o filme dos seus sonhos?
Jaqueline Abreu
Jaqueline Abreu
\\\"A vida é dura, mas eu também sou!\\\". Esse é o meu lema, lema de quem passou por anorexia, excesso de peso, baixa auto-estima, relações psicologicamente violentas e por fim depressão.
E venci ...
leia anexo e encontrem-me no instagram @jaquelinecabreu
Ana Milhazes
Ana Milhazes
Ana Milhazes, 34 anos, Instrutora de Yoga, autora do blogue Ana, Go Slowly, onde partilha tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais feliz.
Fundadora do movimento Lixo Zero Portugal, vive com a missão diária de fazer o mínimo de lixo possível, de partilhar os desafios que enfrenta e de inspirar a mudança.
Despediu-se depois de 10 anos a trabalhar na área das tecnologias de informação, após lhe ter sido diagnosticado burnout e depressão. Foi preciso recomeçar quase do zero. Libertou-se não só de um trabalho que não a preenchia, como também de um casamento que não a fazia feliz.
Hoje sente-se realizada e feliz por poder viver de acordo com aquilo em que acredita e por poder partilhar isso mesmo, contribuindo para um mundo melhor.
Carina Pires
Carina Pires
Durante mais de 10 anos, a minha vida era a correr, sem horários, sem tempo para aqueles que amo, sem tempo para mim.
Em plena crise, troquei o certo pelo incerto e despedi-me.
Deixei uma carreira promissora aos olhos de todos, parecendo um acto de insanidade e loucura para muitos.
Mas foi um acto de libertação, em busca de um sonho, do meu tempo, da melhor versão de mim mesma.
Voltei à escola, fui estudar fotografia.
Fotografar, fotografar, fotografar foi o mote! Os meus filhos, a minha família, os amigos, filhos de amigos, famílias amigas e depois vieram os clientes.
Sou a Carina, fotógrafa infantil e de famílias e para chegar até aqui, dei o passo em frente!
Magda Ferreira
Magda Ferreira
Sempre acreditei que nasci sob a proteção de uma estrela especial num sítio livre e pacífico e por isso tenho o dever de ser feliz. Criança amada, adolescente sonhadora, adulta inconformada. Quis ser jornalista para contar histórias do mundo, mas fiz carreira como gestora de eventos. Quando surgiu a oportunidade de virar a vida do avesso, trabalhar e viver em África, não hesitei. Pelo desafio, pela novidade. Foram 2 anos de relação intensa que fizeram questionar valores, prioridades, a vida. Mas era preciso parar e repensar tudo. Voltar a aprender. Foi o impulso para a minha 1ª volta ao mundo, sozinha, em 180 dias. Uma aventura que nem nos meus sonhos cabia. Voltei mais forte, mais inconformada, mais ansiosa por cada minuto nesta Vida.
Joe Santos
Joe Santos
O Autismo da minha enteada ensinou-me a Viver em maiúsculas.
Até os meus 33 anos eu pensava que o mais importante era criar empresas e ganhar dinheiro... até o dia 18 de abril de 2015 em que partilhei no palco do TEDxOporto as lições que o Autismo da minha enteada me tinha ensinado. Ao terminar o meu discurso, recebi uma ovação em pé durante 60 segundos de mais de 1.000 pessoas, muitas com lágrimas nos olhos.
Nesse momento decidi deixar as minhas empresas para dedicar-me exclusivamente a criar impacto social positivo. Criamos a Vencer Autismo, ONGPD que lidera a consciencialização do autismo em Portugal.
facebook.com/optimising
youtube.com/watch?v=AS_w0fiMQgc
vencerautismo.org
KARLA MARTINS
KARLA MARTINS
Eu estava à beira do abismo e olhei para o céu. O meu marido estava infeliz e ansioso para retornar para Portugal. Eu tinha uma carreira consolidada no Brasil e nunca pensei mudar de país. Quando desembarcamos no aeroporto Francisco Sá Carneiro no dia 03 de dezembro de 2016 éramos eu, o Daniel e os nossos cães, a Kika e o Oliver. Eles adaptaram-se rápido ao novo país, já eu…
Eu nunca havia ficado sem trabalhar na vida. Sentia-me só e sem perspetiva de futuro, longe da família e dos amigos. Contratei uma consultoria de carreira que me orientou a fazer networking e decidi investir no LinkedIn. Explorei todas as suas funcionalidades da rede e realizei desejo antigo.
Nuno Martins
Nuno Martins
Aos 32 anos era diretor adjunto de um jornal, aos 33 recebi um convite para dirigir uma revista, aos 34... fui envolvido num despedimento coletivo. Depois dos 40 e de uma longa travessia no deserto - ano e meio a tentar voltar ao mercado jornalístico - uma nova vida ganhou forma: juntei as paixões da comunicação e da parentalidade, tornei-me Educador Parental certificado em Disciplina Positiva e criei o projeto Educar pela Positiva (www.educarpelapositiva.pt), que tenho levado aos quatro cantos do país através de workshops e palestras transformadores. Esta é a história de um pai com uma missão de vida: ajudar outros pais e educadores a formarem crianças mais felizes!
Andreia Patrícia Freitas Simões Matildes
Andreia Patrícia Freitas Simões Matildes
Em 2012, com 25 anos, a ideia de ninguém gostar de mim, fez-me cair na anorexia. Na altura o meu pensamento era \\\"ninguém gosta de mim porque sou gorda e feia\\\". Deixei de comer, estudava e trabalhava ao mesmo tempo. Cheguei a pesar menos de 30kg, até que um dia fez-se o \\\"click\\\" quando de mãos dadas aos meus pais eles me dizem a chorar: \\\"filha, a ordem da vida é os pais morrerem primeiro que os filhos\\\". Nesse dia percebi que o mais importante era a minha família gostar de mim! Com toda a paciência e ajuda dos meus pais, consegui recuperar. Hoje sou casada e tenho um filho lindo! Já consegui ajudar outras raparigas que estavam a passar pelo mesmo!
António Carvalhão
António Carvalhão
Em 2006 fui estudar para o Japão e apaixonei-me pela sua gastronomia, e em concreto o seu prato mais consumido: Ramen.
De regresso a casa, não encontrei Ramen em Portugal e em 2015 juntei-me com o meu amigo de longa data, João Ferreira, que também viveu na Ásia e juntos criámos, ao longo de 13 meses, a receita do nosso Ramen.
No seguinte ano e meio fizemos jantares para 12 pessoas, todos os sábados em minha casa (Supper Club) para testar o produto.
Ficámos com uma lista de espera de 1.876 pessoas e decidimos fazer um curso no Japão para abrir o restaurante Ajitama Ramen Bistro.
Deixei para trás a minha carreira de Marketing e dei o passo em frente para me dedicar 100% ao sonho do meu negócio.
Olga Domingues
Olga Domingues
O dia em que tudo começou. A ESTRELA era mira na busca pelos sonhos e a vontade de desenvolver algo que se tornasse memorável. Obstáculos, costas viradas, nuvens negras, amigos menos amigos e de tudo um pouco aconteceu. Mas o prazer de sonhar fazia com que a condução tivesse o sabor como se conduzisse a última gama, a segurança, o conforto e a sensação de poder nas mãos fez com que chegasse à cidade do Porto e criasse a especialidade de doçaria da cidade. A Delícia do Porto. Sim com um Mercedes nas mãos, não importa se tem muitos anos ou muitíssimos, o que importa é o estado de espírito de quem o conduz. Força, convicção, foco, empreendedorismo e o sentimento intenso de chegar longe.
Susana Freitas
Susana Freitas
Desde cedo que livros me marcaram, mas não foram os livros que dominaram no meu crescimento. Nasci no interior, mas sonhava conhecer o mundo para lá das minhas serras, mas sem saber bem o que queria ser. Quando decidi foi com convicção: Professora de Geografia e assim foi depois de licenciatura, estágio e anos mais tarde um mestrado em geografia também, pois claro! O gosto pela geografia e pelas paisagens levou-me a explorar outras aventuras que passaram pela pintura e escrita. Em 2015 ponderei o rumo da minha vida profissional, todos os anos ficava à mercê do concurso de professores e decidi (mesmo assustada e com medo) dar o passo em frente e abrir a Sana Editora.
Entrar num mundo de tubarões editoriais, sem experiência, lutar com a rede de distribuição, impor uma marca com poucos recursos financeiros mas muito investimento de tempo, amor, energia, disponibilidade e criatividade tem sido o motor da minha mudança que me faz descobrir o melhor de mim.
Sou Susana Freitas e estou constantemente a desafiar-me. Tenho imensos sonhos para realizar. O próximo desafio já está traçado e vou dar o passo em frente!
Ricardo Pereira da Silva
Ricardo Pereira da Silva
Depois de 25 anos a gerir e capitalizar marcas empresariais e pessoais, como marketeer, publicitário, agente ou manager de figuras públicas; um episódio peculiar na minha vida, no decurso duma viagem, ao serviço do Turismo de Portugal, na qualidade de advisor, fez-me dar o passo em frente: máquina fotográfica, que sempre me fez suspirar enquanto fotógrafo amador, passou a ser a minha ferramenta de trabalho e a chave-mestra para aceder ao que de mais importante vive dentro das pessoas: as emoções e a forma como as utilizamos para nos mostrarmos únicos.

Biografia: https://www.rawphotology.com/ricardo-pereira-da-silva/
Vídeo: https://youtu.be/xqI3tVAzmR0
Juliana Rocha
Juliana Rocha
Venho de uma família de operários, com a 4a classe de escolaridade, e comecei a trabalhar aos 17 anos, numa frutaria a 2km de casa, 12h por dia, 6 dias por semana. O sonho era ser Arquiteta, mas a faculdade era um universo não existente lá em casa, era para \\\"meninos ricos\\\", era algo verdadeiramente utópico, não era opção em cima da mesa. Mas para mim era, bastava querer. Dei o passo em frente, no vazio, e aos 20 anos comecei o meu percurso enquanto trabalhadora estudante, para hoje, com 33, estar onde quero e como quero. A minha maior dificuldade foi convencer a minha mãe (que hoje é a minha maior admiradora), e não as 3/4h de sono diário que tive durante uns bons anos. Obrigada
Márcio André Ferreira Gomes Antunes
Márcio André Ferreira Gomes Antunes
Sempre estive ligado às motos, desde pequeno. Nasci, cresci e vivo nesse mundo, chegando assim a onde estou agora. Nunca pensei em vir a ser Speaker, mas a verdade é que a vida tomou esse rumo.
Tudo começou em 2008, num evento em que era um simples colaborador. O Speaker da zona de Pitbikes e Freestyle MX ficou afónico e eu ofereci-me para o substituir. Afinal, conhecia os pilotos que iam correr, sabia tudo sobre FMX e tinha experiência em improvisar! Foi um sucesso e os organizadores ficaram muito satisfeitos com o resultado. Passei a ser chamado para outros eventos, principalmente provas de Motocross, e agora todos me conhecem como THE SPEAKER pela minha voz e dinamismo.
Diana Díaz
Diana Díaz
Diana, 22 anos, licenciada em Turismo.
Sou apaixonada pela vida e pelo mundo, talvez porque sou do mundo e tenho raízes muito dispersas. História de vida? O que poderia ter com esta idade? Sempre gostei de viajar e talvez seja essa a minha história. Desde 2017 que decidi passear por aí sozinha. Estudei fora do país, meti-me no meio de um festival sozinha, sem horários, sem tecnologias. Era apenas eu, a natureza e a arte.
E agora? Agora trabalho e já posso ir mais longe, conhecer o mundo de mochila às costas e uma câmara para capturar as coisas mais bonitas que o mundo nos tem para oferecer.
De maria-rapaz acanhada com medo da vida, passei a ser a feminista não apologética.
Estevão Rodrigues Anacleto
Estevão Rodrigues Anacleto
Engenheiro do Ambiente, com 10 anos de experiência na área da consultoria ambiental, 2 anos dos quais passados em Angola como consultor. Em 2015 decidiu despedir-se e criar a empresa GroHo - Hidroponia, empresa especializada em hortas urbanas sem solo. Após 3 anos de trabalho e com um vasto conhecimento agrícola, impulsionou o negócio para o turismo, fazendo um match entre os agricultores e os turistas e criou a Portugal Farm Experiences - empresa responsável por agregar produtores de norte a sul oferecendo experiências de cultivo, apanha e farm-to-table.
Ester Marina
Ester Marina
Criei um sistema de nome \\\"ÉS\\\", com base essencialmente na minha experiência de vida com os inúmeros desafios que esta me trouxe. Ligar aquilo que somos energeticamente à imagem que projetamos e ao trabalho que desenvolvemos é o grande objetivo. Durante toda a minha vida trabalhei com clientes, ligada à área comercial., Há 4 anos deixei esta área, com 3 filhos ao meu encargo, ficando na altura sem qualquer apoio a nível financeiro, decidi arriscar. No início foi duro...não tinha verba para investir na divulgação e assim os clientes têm vindo através da persistência no\\\"boca a boca\\\", FB redes sociais. É um projeto respeitado acima de tudo pelos resultados de quem o procura.... Obrigada. Ester
Raquel Comprido
Raquel Comprido
Sou a Raquel (+conhecida como Kéké) e também eu hoje sou a escolha que fiz. Tive uma depressão durante 8 anos da minha vida (tenho 30), mas ainda assim nunca deixei de seguir os meus sonhos. Em 2015 fui para os Estados Unidos e tive um acidente de viação no qual quase perdi a vida. Foi uma escolha para sair da situação e mudar o rumo. Filha de pais empresários e sonhadora por natureza, tive sempre em mim o bichinho de criar o meu negócio e, acima de tudo, tornar o mundo num lugar melhor. Em 2017 dei o passo em frente e criei a Right Buddy, a 1a agência digital focada na responsabilidade social! Em 2 anos, já ajudámos +de 15 projetos sociais e vamos lançar a nossa plataforma de voluntariado.
Aline Castelo Branco
Aline Castelo Branco
Me reinventei 10 vezes. A primeira logo depois da morte do meu pai, aos 11 anos. Comecei cedo a trabalhar. Me dediquei tanto a carreira de jornalista que não tinha tempo para me envolver sério com ninguém. Só encontrava homens errados. Fui traída, enganada e iludida. Usei minha dor e a frustração para ajudar outras pessoas a terem relações saudáveis e duradoura. Lancei o livro Eu Confesso, revelação de uma amante. Pedi demissão do emprego para estudar. Virei Coach de relacionamento e sexóloga. Encontrei meu amor, casei, mudei de país. Hoje falo no meu canal do youtube para quase 1 milhão de subscritos e ainda consegui ter programa na tv portuguesa, no canal Q, chamado Pela Fechadura.
João Trindade
João Trindade
Estava desempregado, resolvi abrir uma empresa de animação turística a Portugaltripsandtours, comprei um V250 Bluetec e a minha vida mudou completamente. A Mercedes tornou a minha empresa exclusiva e abriu a porta a clientes de “classe alta”, empresários, senadores, atores novelas etc. Com estes clientes vieram as experiências, desde jantares restaurantes Michelin, provas melhores vinhos do mundo, casinos com mesas VIP, visita a locais e monumentos que desconhecia, e a V250 sempre ao meu lado, cobiçada e admirada por estas celebridades incógnitas que se escondem atrás dos vidros fumados, que comentam sempre a qualidade, espaço e luxo da minha fiel companhia Mercedes. Agora sou feliz.
Maria de Lourdes de Magalhães Amado Mengo Nunes Corrêa
Maria de Lourdes de Magalhães Amado Mengo Nunes Corrêa
Para uma mulher e mãe de 3 filhos, mudar de vida aos 45 anos, prosseguindo sonhos sem permitir que os castrem e pior ainda, que não os reconheçam, é seguramente uma tarefa hercúlea, mas foi o que escolhi para mim, porque sou a pessoa mais importante da minha vida e porque o que me importa verdadeiramente é tudo o que me deixa mais inteira, real e capaz de dar aos meus a importância que merecem.
Saí dum casamento de 25 anos e passei a semear, diariamente, o que hoje já me trás mais perto do que certamente um dia será a minha atividade principal. Sou blogger/escritora de contos, sentimentos e pensamentos sobre o amor e a falta dele. Escrevo como respiro e respirar passou a ser tranquilo.
Vanessa Campos
Vanessa Campos
Embaixadora da Dress a Girl Around The World em Portugal, Vanessa, há 3 anos se dedica integralmente ao Projeto. A vontade de fazer o bem vem de longa data. O Projeto já entregou mais de 34 mil vestidos e 14 mil calções novos a crianças de 26 países do mundo. Ao mesmo tempo em que dá um pouco de dignidade, proteção e esperança às crianças, dá sentido de utilidade à comunidade Sénior de mais de 60 grupos de costureiras voluntárias de todo país. Antes disso, Vanessa trabalhou 23 anos no mercado financeiro, do qual se reformou como executiva de uma grande instituição em Hong Kong, que ela considera ter sido sua grande escola em termos de gerenciamento de projetos.
Carlos Manuel Pereira da Silva Marques
Carlos Manuel Pereira da Silva Marques
Esta história de vida, é por assim dizer uma pequena síntese, às minhas memórias, nomeadamente àquelas que trouxeram à minha memória, todos os momentos que me fizeram crescer como pessoa e como ser humano.
Nasci em Vila Real, no dia 4 de Junho de 1952. Tive uma infância feliz, apesar de limitações económicas, superadas com muita luta, muito querer e sacrifício.
Percorri todos estes anos com alguma nostalgia, mas com Esperança!...sempre na luta por dias melhores, já que a vida tem muitas curvas e obstáculos cabendo-nos a nós, saber contorná-los. Todas as etapas da minha vida, foram e são uma aprendizagem e as adversidades que ela me tem colocado, serviram para fortalecer o meu carácter.
André Leonardo
André Leonardo
Nasci na Ilha terceira. Apesar dos meus pais quererem que voltasse para casa, encontrasse um emprego estável, estando o país a passar por um momento de crise senti que tinha de agir. Surgiu então a ideia: “e se desse a volta ao mundo a entrevistar pessoas que fazem acontecer para inspirar Portugal?”. Apesar do medo e da incerteza, vendi o que tinha, pedi patrocínios a quase 100 empresas. Ao fim de 2 anos consegui o mínimo e parti. Dormi na rua, em estações de comboio, aeroportos e afins. Comi demasiado atum em lata, mas consegui. Entrevistei 143 pessoas em 23 países. Em Portugal lancei o livro “Faz Acontecer”, dei palestras e formações e, para além de uma outra série de coisas, o programa de TV “Faz Acontecer”(CanalQ). Tive de mudar de vida, deixar o medo e dar o passo. Precisei decidir mudar para que tudo mudasse.
Ricardo José Figueiredo da Mota Veiga
Ricardo José Figueiredo da Mota Veiga
Somos uma família com 5 filhos e um 6º que irá nascer nas próximas duas semanas.
Eu sou empresário na área do design e publicidade e a minha esposa gestora administrativa.
Vivíamos com o mesmo propósito, até percebermos que aquilo que nos fazia realmente felizes, eram os filhos. Então em 6 anos, passámos de 2 filhos, para 6.
Hoje, sentimo-nos mais realizados e felizes, temos tudo aquilo que nos faz sentir completos.
Rita Franco de Sousa
Rita Franco de Sousa
Esta é a minha história V de vida e não dei apenas um o passo em frente, dei logo um salto..de pulga. Há 7 anos tomei a decisão de desistir da minha atividade profissional (Psicologia) para seguir as minhas paixões e unir costura, família e fotografia. Hoje sou mãe de 4 rapazes e CEO da Pulguinhas, uma marca 100% portuguesa de artigos criados para descomplicar e encher de mimo os dias de pais e bebés. O projeto Pulguinhas, que até então era um hobby, tornou-se na minha atividade profissional e abri a loja online, cujo sucesso se mede não só nas vendas, mas também nas avaliações 5 estrelas dos nossos artigos e nos mais de 100k seguidores nas nossas redes sociais. Tudo se costurou na perfeição
Carlos Leitão
Carlos Leitão
Cresci a querer ser jornalista. Não ponderei outra realidade. Aos 18 anos, fiz o primeiro estágio na Rádio Renascença, Jornal “A Bola”, e termino o curso de Comunicação Social. Seguem-se anos de trabalho em áreas como o desporto, publicidade, cultura e lazer.
O Fado foi um “hobby” herdado pelos gostos musicais do meu pai. Aos 16 anos escrevi as primeiras letras que escondi numa gaveta. Em 2004, o jornalismo perdeu encanto e, por opção, passei a ser freelancer. Saí do Diário de Notícias, deixei Lisboa e fui viver para Arraiolos. Aí, o fado ganhou! Escrevi, cantei e compus mais do que nunca. Hoje, apresento o meu terceiro disco e sou o que nunca imaginei, mais feliz do que nunca: fadista!
Carmen Ferreira
Carmen Ferreira
Carmen, enfermeira de formação, apaixonada por alimentação saudável e … bebés!
Comecei o meu percurso profissional em contexto hospitalar na área da saúde da mulher, mas com carneiro como signo, era pouco para mim!
Novos projetos e colaborações apareceram desde clínicas a outros hospitais e a minha paixão por esta área aumentou.
“Mas se as famílias têm tantas dúvidas e eu não chego a todo lado, como posso passar a minha palavra?… Começa assim um blog/página, que hoje cresce todos os dias! Criei o meu curso personalizado de preparação para um Nascimento mais saudável e abri as portas do Hospital para um projeto de saúde digital na comunidade. Reinventei a minha vida à imagem do que acredito.
Ana Raposo
Ana Raposo
Seis anos passados sobre aquele passo! Recordo que, enquanto Professora, fiz parte de tantas vidas e histórias… Mas e a minha HISTÓRIA? Não a sentia como minha! Queria virar a página e ser eu a autora!
Deixei o ensino e inscrevi-me em Design de Interiores, uma paixão antiga! Criei a EMPORIUM DELUXE e hoje possuo uma loja própria! Enquanto diretora e designer, desenvolvo projetos na área habitacional, comercial, de hotelaria e lazer! Nesta história, tudo é sonho, cor e Vida! Ver nascer um espaço, desde os esquissos até à execução da minha visão criativa, é algo de extraordinário e de transcendente!
Sou a Ana Raposo e hoje sei, não podia ter dado outro passo, senão este, pela minha Vida!
Filipa Bibe
Filipa Bibe
De contabilista a Maria Modista! Foi uma resolução de ano novo vida nova: ser apaixonada pelo meu trabalho. 2012 abri a Maria Modista, uma escola de costura na qual eu própria iria aprender. Podia ser que mais gente tivesse o mesmo interesse nesta arte do tempo das nossas avós. Troquei uma vida cinzenta por tecidos cheios de cor e a criatividade que tinha passou a ser posta em prática. Abri em Lisboa e depois vieram os franchisings. Costurar virou moda e o mais gratificante é que como eu muitas alunas também mudaram de vida e abriram as suas marcas após o curso. Hoje em dia digo que tenho um trabalho de brincar que não é brincadeira nenhuma.
Ana Gonçalves
Ana Gonçalves
Olá
O meu nome é Ana. Sou mãe de 2 filhos um deles com autismo. Trabalhei no Aeroporto do Porto, KLM, até o autismo do meu filho falar mais alto. Depois de 28 anos de casamento, saio para um divórcio com um carro e a minha roupa, tendo que recomeçar do zero literalmente. Depressa reagi, vendi o meu carro por outro mais económico ( vivia muito acima da média) e comecei a minha formação na minha paixão que estava dentro da gaveta dos sonhos. Yoga, Pilates, Aero Yoga, Aero Pilates. Não sabia se com 49 anos teria sucesso, meu corpo deixaria. Formei-me com os melhores e acreditei. Hoje as minhas salas estão lotadas, tenho 53, e o meu próximo passo, abrir o meu espaço.
Obrigada pela oportunidade
Mónica Santos
Mónica Santos
A minha história de vida, é fantástica. Todas são! É com bastante orgulho que falo dela. Foi com ela que aprendi a não ter medo de MUDAR! Licenciei-me em design em 2003. Sempre fui feliz durante os 12 anos, onde cresci na área da criatividade. Aos 35, desafiei-me. Voei! Literalmente! Ouvi muitos “não” mas foram eles, me ensinaram a desafiar a mim mesma. Acima de tudo, somos donos da nossa vontade. 2 anos, em Londres, e duas malas de porão com a minha vida, que levei comigo para começar do zero, e ser “hospedeira”, profissão que exerço há quase 5 anos! Sou muito feliz, no que faço, mas espera-me algo. Ainda é “segredo”, mas posso dizer-vos que voltarei a ganhar asas para um sonho... VOAR!
Ana Cristina Rosa
Ana Cristina Rosa
Nunca acreditei em impossíveis. Sempre sonhei em mudar o mundo. Durante algum tempo acreditei que o faria através do jornalismo, mas depressa percebi que o meu sonho não cabia aí…
Resisti à mudança, mas há sonhos grandes, nos quais temos mesmo de embarcar.
Dei o Passo em frente e asas ao meu sonho, um sonho que muda o mundo, de cada vez que alguém, com a minha ajuda, muda a sua vida. Hoje, ajudo pessoas que se sentem insatisfeitas com a sua vida profissional a descobrirem e a transformarem os seus talentos e paixões em negócios vencedores.
E a minha vida, hoje, é muito mais do que sonhei ontem, é muito mais do que alguma vez sonhei. Porque não há impossíveis. Há sonhos. Há paixões. Há acreditar e dar o passo em frente para fazer acontecer!
Rafael Polónia
Rafael Polónia
Olham-me como aquele que faz coisas \\\\\\\"descabidas\\\\\\\" que todos gostariam de fazer. Mas sou mais do que isso. Com 43 anos posso dizer que sempre estive onde queria estar! Nunca quis ser bombeiro mas arqueólogo, depois barman e por fim fotógrafo de moda. Estudei 3 anos de economia, 3 de comércio externo e 3 de teatro. Mudei de casa 14 vezes em 10 anos. Trabalhei nos mais conceituados palcos e despedi-me 3 vezes para viajar. A última, para pedalar durante 28 meses entre Ovar e Istambul e Ovar e Macau. Sem formação na área, abri a minha agência de viagens só porque queria levar pessoas a experienciar países menos comuns. O mais importante? Fazer os outros felizes para continuar a ser feliz!
Cristina Cardigo
Cristina Cardigo
Docente universitária, doutorada em gestão, trabalhei em exigentes ambientes na área de consultoria e TI. O meu filho nasceu e tudo mudou.
Hoje sou doula, uma profissão ainda desconhecida. Acompanho mulheres/casais durante a gravidez, vou para o parto a qualquer hora do dia/noite e dou apoio total durante os tempos turbulentos do pós-parto (amamentação, massagens, etc). Trabalho para um nicho de mercado de pessoas com elevados rendimentos, que procuram um acompanhamento personalizado. 38 anos, a protagonista da minha vida. Uma profissão que me apaixona, tempo para usufruir os meus 2 filhos. Viagens (road trips YEAH!), natureza (yoga, naturismo) e body combat. A minha vida!
Patrícia Oliveira
Patrícia Oliveira
Aos 40 anos descobri o que queria ser quando fosse crescida!Durante muito tempo, e com a minha alma inquieta e o coração-furação, foi difícil encontrar o meu \\\\\\\"Elemento\\\\\\\" e entender qual o caminho profissional que espelhava o que eu sou e que potenciava a minha essência!Escolhi o curso de Engª Química e sem parar para pensar, iniciei o meu percurso profissional por multi nacionais farmacêuticas, químicas e consultoria e foi um percurso que diriam, de sucesso. Pelo meio ainda fiz um MBA. Um dia questionei o meu conceito de sucesso e foi aí que dei um passo em frente e hoje sou Health Coach, empreendedora e proprietária de um restaurante de alimentação saudável. Sou feliz a apaixonada pela vida!
renata coelho de sa aron
renata coelho de sa aron
Durante 10 anos tracei a minha carreira profissional no mercado financeiro. Tornei-me uma Executiva de topo, esposa e mãe 3 vezes.Decidi largar tudo e procurar um novo rumo. Sem auto-estima, insegura e, acima de tudo, sem rumo, precisei de me despir e encontrar novamente enquanto mulher. Decidi acordar uma paixão adormecida e estudei moda, onde encontrei o meu propósito em ajudar pessoas a sentirem-se mais seguras consigo mesmas. Hoje sou Consultora de Imagem, lancei uma app que me permite ajudar pessoas em todo mundo. Para mim, não existe maior prazer do que ajudar as pessoas a se despirem das suas inseguranças e aprenderem a amar o reflexo do seu próprio espelho.
Rita Garcia
Rita Garcia
Trabalhava numa multinacional em marketing, sem tempo, e num desequilíbrio enorme entre vida pessoal e profissional.
Decidi largar tudo e fazer uma viagem pela Ásia, com o meu recém-marido, para pensar como podia escolher uma vida de que eu fosse dona!
Veio o primeiro filho, veio o segundo, e decidi lançar uma marca de sapatos e dedicar-me à venda de casas com a criação de um blog.
Adaptei os conceitos da gestão e do marketing às casas e o resto foi aliar o boom digital a este negócio.
Apostei com força nos conteúdos nas redes sociais e, desde o lançamento do blog, tenho recebido vários prémios por volume de faturação e pelo método de trabalho inovador e ainda convidada para fazer palestras. Estou feliz!
JOA - Jorge Ortega Afonso
JOA - Jorge Ortega Afonso
O Joa, rapaz de 42 anos é um apaixonado pela vida! Nasceu e cresceu em Lisboa, filho de taxista, pelo que um Mercedes sempre foi e será o seu automóvel. Para tirar o curso, Joa foi taxista à noite, animador de festas e casamentos ao fds. Durante a juventude, passava o seu tempo livre em Parada, Bragança, terra natal dos seus pais. Ali todos os anos, juntamente com a família, faziam o tal vinho caseiro. Esta sua paixão pelo Vinho levou-o a estudar, a querer aprender como fazer um vinho, preservando o método de fabrico tradicional e as vinhas centenárias (entre 100 a 150 anos) que dão vida a este projeto. Em 2016, Joa deu o passo em frente, criou a sua própria marca de vinho - ALTO DO JOA...
Joana Botto
Joana Botto
Olá, eu sou a Joana.

Estudei Engenharia Informática e fui trabalhar para fora. Passados 10 anos na área da tecnologia e estando em Silicon Valley quis fazer algo diferente. Cruzei-me com um livro sobre abelhas e fui invadida por uma intensa recordação de infância e saudades de casa: tinha eu 7 anos quando o meu avô me levou ao seu apiário. Decidi regressar a Portugal e reavivar uma tradição de família, ser apicultora! Hoje tenho um apiário e cuido de abelhas, criei a marca As colmeias da Joana para o meu mel e pólen biológico. E ainda tenho a oportunidade de partilhar com os outros a minha paixão através das visitas pedagógicas às colmeias!

Sigam-me no instagram @ascolmeiasdajoana
sofia neves
sofia neves
Sou a Sofia, tenho 37 anos e sou de Fátima.
Casei aos 27 e aos 31 divorciei-me. Perdi o meu chão, depois o meu emprego em fotografia, e a minha FÉ. Depois de trabalhar para 2 jovens mais novas que eu, e com o seu projeto e empresas, pensei que também eu seria capaz, até porque sempre desejei experimentar trabalhar por conta própria e ter o meu negócio. Ironicamente, ou não, em 2014/2015 comecei a trabalhar com os meus pais e lancei o meu projeto, a minha marca TREZE-Adereços Religiosos - @trezeinsta (IG). Se já recuperei a minha Fé? Não sei, mas acredito que dei o passo em frente a caminho disso. E, sobretudo, ajudo os outros a não perder a deles.
Inês Cancela
Inês Cancela
A minha mudança aconteceu aos meus 41, 2016, foi o ano mais agridoce da minha vida. A “partida” precoce da minha muito querida mãe, no dia 2 de maio, gerou em mim uma vontade de abraçar a vida, a saúde, um estilo de vida consciente e sustentável. No dia 1.06.2017, despedi-me da Banca e dum emprego bem remunerado com sede na Avenida da Liberdade. No dia 08.08.2017 abracei a direção da Creche Paço de São Francisco. Esta mudança de vida permite-me sustentabilidade financeira, ser dona do meu tempo, aprender com a honestidade das crianças, conhecer novas pessoas inspiradoras e abraçar novas causas, sendo a educação, a alimentação, a parentalidade, e a sustentabilidade as minhas novas paixões!
Sofia Craveiro
Sofia Craveiro
Olá, eu sou a Sofia e em 2015 mudei de vida. Deixei 15 anos de trabalhadora por conta de outrem, como Engenheira do Ambiente, pela criação e gestão do meu próprio projeto - a Companhia das Agulhas - escola de costura e malha.
Sabia que era demasiado empreendedora para trabalhar por conta de outrem e queria ser dona do meu tempo. Um carcinoma maligno e o facto de ter sido despedida fizeram-me ter a força que eu precisava para mudar. Ou era naquele momento, ou nunca mais seria.
Ainda bem que o fiz, hoje em dia a minha empresa dá trabalho a 4 mulheres a tempo inteiro e mais meia dúzia a part-time.
Trazemos para os dias de hoje as artes do antigamente sob o lema #eucrioeufaçoeuuso

Rute Obadia
Rute Obadia
O meu nome é Rute e aparentemente teria um percurso normal de vida, tirei o meu curso, fiz carreira de sucesso dentro na minha área mas como muitas outras pessoas, não era feliz ... A parte disse tinha um hobby que me apaixonava, fotografar e viajar!...e foi assim que do nada, há 5 anos atrás larguei o que não me preenchia e me passei a dedicar-me à fotografia. Hoje sou fotógrafa e viajante, criei um blog de viagens chamado "theblondietraveler" e levo pessoas a viajar. Também embarquei no projecto da maternidade aos 42 anos.... portanto nada na minha vida tem sido by the book! Movo-me por paixões!
Mafalda Camarate de Campos
Mafalda Camarate de Campos
Ao longo da minha vida sempre fiz o esperado, com convicção. Acabei o curso, trabalhei, namorei, casei, tive 3 filhos maravilhosos… passava os dias feliz mas vivia mais em função dos outros do que de mim.
Aos 40, depois do meu pai ter sofrido um AVC um mês antes de se reformar, deu-se o clique. Os miúdos estavam mais crescidos e eu tinha de me dedicar também a mim, conectar-me, perceber o que me realizava e fazia feliz. Assim, aos 40 comecei a jogar padel. Aos 41 a pintar e a meditar. Aos 42 a fazer yoga. Aos 43 o curso de Health Coach. E agora, aos 44, fechei a empresa de gomas que tinha e vou lançar-me no mercado, pondo-me ao serviço do outro mas realizando-me a mim também.
Joana Bárbara Silva
Joana Bárbara Silva
Ao longo destes anos criei com mais 7 amigos um projeto de desenvolvimento pessoal para jovens que teve um grande impacto na minha vida - deu-me a motivação para dar o passo em frente e sair da empresa onde trabalhei durante 13 anos. Na altura, pedi uma licença sem vencimento que não foi aceite. Viver inspirada e com propósito falou mais alto e decidi sair. No momento em que saía, recebi o diagnóstico de cancro de mama. Vacilei. “Se calhar mais vale estar aqui sossegada. Tenho o seguro de saúde da empresa.”. Mas um diálogo interno levou-me a esta questão: Se esta situação não estivesse a acontecer, saías? Saía! Então, vamos a isto! Hoje, estou cheia de saúde a desenvolver o Sou Toda Ouvidos!
Raquel Loureiro
Raquel Loureiro
Sou Raquel Loureiro tenho 40 casada 1 filho.
A minha vida mudou quando me despedi do emprego que tinha , fumava era gordinha e não me sentia realizada profissionalmente e andava sempre deprimida.
Fui à 6 anos que criei a minha página no Facebook e comecei a fazer o que realmente eu mais gostava, era cozinhar!! Comecei a vender comida para fora.
Tive o apoio da família dos amigos.
Comecei a fazer desporto com regularidade. Comecei a correr a participar em provas .
Emagreci deixei de fumar e a minha alimentação mudou.
Com isto tudo comecei a mudar o estilo de vida, saudável a interessar-me pelo Vegetariano e Vegan
E agora dou Workshops de comida saudável e tentar ajudar os outros!
Alexandra Vinagre
Alexandra Vinagre
Sempre tive dentro de mim a certeza de que, qualquer que fosse a minha história, estaria nas minhas mãos criá-la e fazer acontecer! Esta certeza acompanhou-me sempre e, após 14 anos de carreira senti que era altura de dar o passo em frente! Há uma energia, um orgulho, um acreditar que não se explicam quando damos este passo… como se o mundo passasse a girar a nosso favor. Hoje, sou coach profissional, autora de um livro, fundei as Mindset Immersions onde junto pessoas inspiradas a dar o seu passo em frente, e ajudo empresas trabalharem a sua Inteligência Emocional e do coração. Não há um dia em que não pense: como seria o mundo se todas as pessoas escolhessem “escrever a vida” com V?
vanda salgueiro
vanda salgueiro
Sou a Vanda, 48 anos, 2 filhos.
Depois de 13 anos na área comercial (Xerox e GE), em 2003 aceitei o desafio da EDP para criar a liberalização do mercado da energia em Portugal. Em 2013, separei-me e conheci a pessoa que ajudaria a mudar a minha vida. Um Fadista profissional que precisava de manager. Em 2016 tirei um curso de management, à noite, na ETIC.
Abracei esta nova área que conciliei com a EDP, durante dois anos. Em 2018, com uma empresa criada e a gerir 6 artistas, decidi dar uma volta de 180º, deixar de ser quadro superior da EDP e investir na música.
Hoje sou responsável pela gestão de carreira de 9 artistas e firmei, definitivamente, a minha marca, VS Management.
Maria Martins
Maria Martins
Saí mesmo da minha zona de conforto, porque deixei de ser professora de Português. Como o meu querido pai faleceu com cancro, numa altura crucial da minha vida, e como já nada posso fazer por ele, ajudo quando posso os meninos do Instituto Português de Oncologia como forma de lhe agradecer tudo o que fez por mim! Escrevi um livro infanto-juvenil cujos lucros da primeira edição foram para a Make a Wish Portugal. Não quis um cêntimo, ainda que não seja rica. Acho que encontrei a minha missão na vida. Sempre fez parte de mim ajudar o próximo, ser cuidadora e atenciosa. Considero que todos os dias há algo para aprender e há que ser grato até "com as pequenas coisas".
Samanta Cristina Ro. C. Duarte
Samanta Cristina Ro. C. Duarte
Em 2015, e com um bebé de 7 meses tive um AVC hemorrágico que aconteceu devido a um tumor no cérebro. Trabalhava no sector da aviação, viajava muito e tinha até um brevet de piloto. Depois de 1 ano numa cama, resolvi dar o passo em frente e arriscar uma operação com % baixíssima de sair bem. Três anos passados, e uma recuperação completa, voltei a dar outro passo em frente: deixei o meu trabalho de 17 anos e dediquei-me à criação de conteúdos de viagens. A escrita preenche os meus dias, as viagens continuam o grande farol para onde remar. O momento em que nos livramos das amarras sentimo-nos mais fortes do que nunca, acreditamos que tudo corre bem, vestimos a capa de herói e voamos!
Melanie Simões
Melanie Simões
Olá, sou a Melanie. Nasci na Alemanha e filha de pais portugueses regressei às minhas origens e licenciei-me em Psicologia Clínica. Devido à língua alemã trabalhei em empresas internacionais. Recentemente, DEI O PASSO EM FRENTE! Abandonei a segurança de um emprego estável e abracei a minha verdadeira paixão! Guiada pela Fé de que todo o ser humano é especial e possui uma riqueza interior inestimável, especializei-me no estudo da felicidade e do sucesso e adquiri certificações de PNL e Coaching. Hoje sou Mentora & Coach de Felicidade e ajudo ao outro a acreditar em si mesmo e realizar seus sonhos. Nesse sentido escrevi um livro infantil e partilho ainda a minha mensagem em programas de rádio.
 Mami (Maria Miguel) Pereira
Mami (Maria Miguel) Pereira
Das letras para as viagens para as letras! Sou uma jornalista e editora que há 11 anos decidiu largar a rotina e começar a viajar a sério. Todos os invernos empacoto a casa e viajo para os trópicos. São 6 meses em Lisboa, 6 meses no mundo! Acabei por fazer disso trabalho e estou prestes a lançar o meu livro de crónicas. Vejam mais no meu instagram @mamigeographic
Joana Pais Afonso
Joana Pais Afonso
A minha vida é cheia de mudanças: emigrei aos 15 anos e vivi em mais de 8 cidades (3 países). A mudança mais recente foi a de carreira numa idade (36) em que o mercado não aprecia candidatos com pouca experiência numa área de especialidade. Formada em Gestão de Turismo, trabalhei na área durante 14 anos. Cansada de cargos operacionais, excesso de horas em funções muito "presenciais" e com o desejo de equilibrar a vida familiar e profissional, decidi mudar de setor. Procurei melhores empresas para trabalhar, percebi que o Employer Branding (Marketing de Recrutamento) e o setor de IT faziam o Match perfeito. Em 12 meses fiz o caminho para atingir o objetivo que sonhava (OutSystems e Deloitte).
Sónia Maria de Sousa Gonçalves
Sónia Maria de Sousa Gonçalves
Olá.
Primeira história: deixei uma carreira de 15 anos como copywriter numa agência de design para abrir uma loja de roupa, a Miss Sixty. Fali.
Segunda história: Depois de falida... arrumei as malas e fui para Macau - China, onde estive 3 anos.
Terceira história: De regresso a Lisboa, sou desafiada para dirigir um Hotel**** no Alentejo. Estive 4 anos com todas as regalias.
Quarta história: larguei todas as regalias e voltei para Lisboa.
Já abri a minha nova empresa para fazer aquilo que mais gosto: guiar. Sim, vou ser motorista da Uber, dos amigos e de quem precisar.
Norberto Amaral
Norberto Amaral
Há exatamente 3 anos larguei o meu emprego seguro, onde estava desde 2001. Era quadro, com carro, seguro médico e uma família para sustentar. Ali geria projetos com grande visibilidade. Conhecem as caixas de Self Checkout no Continente? Liderei esse projeto em 2005.
Cofundei uma startup e um ano depois saí e criei uma empresa de consultoria e formação.
Agora trabalho para mim mesmo e para os meus clientes. Sem carro de empresa, a primeira coisa que fiz foi comprar um Mercedes velhinho mas de confiança, o meu sonho.
Hoje tenho um controlo invejável do meu tempo, da minha energia, tenho clientes incríveis e tenho imenso tempo para a minha família. E o meu C220 faz parte dessa história.
Natália Godinho
Natália Godinho
Deixei o meu emprego ( telecomunicações) há dois anos, 13 anos efetiva e sai sem nada apenas a pensar voar cá para fora, ajudar outros a ter a mesma coragem, hoje dois anos depois, sou empreendedora com vários projetos a funcionar e neste momento a iniciar outro, parceria com um táxi que vou conduzir pelo Alentejo, levar sorrisos e histórias positivas a todos que queiram viajar comigo 🌷
Sara Correia
Sara Correia
Sempre fui apaixonada por fotografias. Embora tenha dedicado 14 anos da minha carreira à área de Marketing e Comunicação, a Fotografia esteve sempre presente.
Em 2013 tomei a decisão de dedicar-me em exclusivo à Fotografia, particularmente Retrato.
Trabalho como objetivo de contar histórias e despertar as pessoas para o enorme potencial que a Fotografia tem. Uma imagem pode aproximar mundos diferentes, despertar emoções e imortalizar o que é efémero.
Estou, também, convencida que a Fotografia é uma espécie de terapia que estimula o auto-conhecimento, e que pode ser trabalhada no sentido de melhorar a auto-estima das pessoas retratadas.